December 10, 2019 Rádio Oásis FM

Índia anuncia detenção de três líderes políticos da Caxemira

Índia anunciou a detenção de três líderes políticos na Caxemira considerados uma ameaça para a paz, depois que o governo indiano decidiu revogar a autonomia constitucional desta região de maioria muçulmana reivindicada pelo Paquistão.

Os três foram levados para uma “residência” do governo, transformada em centro de detenção, na segunda-feira, obedecendo uma ordem judicial.

Também na segunda-feira, Nova Délhi anunciou a decisão de eliminar o estatuto especial que a Caxemira tem desde a independência da Índia em 1947, quando a região foi dividida entre Índia e Paquistão.Veja também

“É provável que suas atividades provoquem uma violação da manutenção da paz”, afirmava a ordem que permitiu a transferência dos líderes políticos.

Dois ex-chefes do Executivo de Jammu e Caxemira, Mehbooba Mufti e Omar Abdullah, assim como o líder do partido regional Sajad Lone, foram inicialmente colocados sob prisão domiciliar no fim de semana. A ordem judicial não apresenta acusações criminais específica.

As autoridades temem que estes líderes políticos organizem um protesto contra a revogação da autonomia constitucional de Jammu e Caxemira e sua dissolução, medidas anunciadas na segunda-feira pelo governo nacionalista hindu do primeiro-ministro Nerendra Modi.

As medidas sem precedentes, preparadas em segredo, podem provocar uma revolta violenta no vale de maioria muçulmana de Srinagar.

Muitos moradores da região himalaia são hostis à Índia e defensores da autonomia que prevalecia desde a criação da república federal indiana, há sete décadas.

A Caxemira estava isolada do mundo pelo segundo dia consecutivo, com linhas de telefone e a conexão de internet suspensas, além de milhares de soldados nas ruas para impor o toque de recolher.

Todas as formas de comunicação estão bloqueadas desde domingo à noite. Viagens e reuniões foram proibidas. Nova Délhi organizou um grande esquema de segurança para impedir uma revolta.

Nesta terça-feira, a imprensa indiana celebra a revogação da autonomia da Caxemira, mas alguns meios de comunicação expressam preocupação pela maneira como a medida foi adotada, sem debate público ou parlamentar.

Fonte: Veja Online

Banner
Related Posts

Senador americano promove 40 dias de jejum e oração por por “paz, justiça, amor e solidariedade”

julho 26, 2019

julho 26, 2019

O senador do distrito de Ocala, Flórida, Dennis Baxley, assinou uma proclamação que convida a comunidade a participar de um jejum de...

Mais de 600 mil fiéis abandonam suas igrejas na Alemanha em 2018

julho 24, 2019

julho 24, 2019

As igrejas cristãs da Alemanha perderam cerca de 660 mil membros em 2018, segundo dados divulgados pela Conferência Episcopal Alemã. Os dados...

‘Precisam ouvir o som da vida’: Casal oferece ultrassom a mulheres propensas a abortar

agosto 16, 2019

agosto 16, 2019

“Meu primeiro ultrassom realmente me atingiu como um trem”, diz Hannah. “Não é real para muitas mulheres até que você...

“Eu escapei do Boko Haram”, diz ex-esposa do um dos líderes do grupo terrorista

julho 23, 2019

julho 23, 2019

Esther é uma cristã nigeriana que foi sequestrada aos 17 anos pelo grupo terrorista Boko Haram. Ela se apresentou ao presidente...

Ex-presidiário retorna à penitenciária como capelão para evangelizar detentos

agosto 14, 2019

agosto 14, 2019

Frank D. Gossett passa 40 horas por semana na Instalação Correcional de Bullock, no Alabama, como capelão voluntário da Assembleia de...

Jesus é desconhecido pela maioria das pessoas na Europa, diz movimento o “Revive Europe”

agosto 14, 2019

agosto 14, 2019

Em fevereiro, o IFES e outras organizações parceiras na Europa iniciaram o “Revive Europe”, uma iniciativa para “orar e jejuar pelo...

Após ebola, médico volta à África para evangelizar

julho 28, 2019

julho 28, 2019

O médico cristão, Kent Brantly, que quase perdeu a vida após contrair o vírus Ebola enquanto servia a Libéria, anunciou que Deus...

Pastor é assassinado a queima-roupa durante o culto

agosto 22, 2019

agosto 22, 2019

Um pastor no sudoeste do México foi baleado e morto durante um culto na igreja no último domingo, 18 de...

Ataque do Boko Haram mata 65 pessoas após funeral na Nigéria

julho 29, 2019

julho 29, 2019

Combatentes do Boko Haram mataram 65 pessoas em um ataque neste sábado(27) depois de uma cerimônia fúnebre em uma vila do nordeste...

Comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *