Sabrina Sato revela que tinha medo de ser mãe, e desabafa sobre vida após Zoe: Fui apresentada à minha versão mulher

Sabrina Sato é uma mãezona, e apesar de sempre compartilhar os melhores momentos ao lado da filha, Zoe – fruto do relacionamento com Duda Nagle -, a apresentadora admitiu que a exposição da pequena é também um problema. 

Em entrevista para a Revista Cidade Jardim, Sabrina revelou que sempre teve medo de ser mãe, e disse que hoje em dia é ainda mais difícil cuidar dos filhos, principalmente quando se é uma pessoa pública nas redes sociais. 

– Tenho lido também muito sobre psicologia infantil. Algumas amigas me dizem para relaxar, para deixar fluir, mas eu tento me cercar do que eu posso aprender para dar o melhor para a minha filha. Porque eu sempre tive medo de ser mãe. Ser mãe antigamente era diferente de hoje. Agora, sua casa está aberta para o mundo por causa da internet, tem muita influência externa, muitos palpites que antes ficavam entre a família e os vizinhos. 

Ela continuou, desabafando sobre como a maternidade a transformou, e relembrando entrevistas que deu há alguns meses em que revelou não estar fazendo sexo com o noivo.

– Eu fui dar uma entrevista e surgiu uma pergunta sobre sexo. Respondi que era lindo, maravilhoso, só que não estava fazendo (risos). Estava com peitinho de leite, amamentando, não tem como você pensar nisso. O cansaço físico, mental e emocional é gigantesco. Eu sinto hoje que, até ser mãe, eu era uma menina e, de repente, fui apresentada à minha versão mulher. Ali eu entendi a responsabilidade da vida, do senso de família, a ficha caiu. 

Sempre divertida, Sabrina ainda brincou sobre o fato de sua mãe, Kika Sato, ter se transformado em youtuber

– Nessa quarentena, eu fui câmera, maquiadora, cabeleireira, diretora, editora de vídeo. Chegava um momento em que eu dizia: Mãe, não dá mais. Estou cansada! Era o dia inteiro! Mas, olha, se tem uma mulher que fez publipost nessa quarentena foi Dona Kika (risos). Ela ganhou mais dinheiro do que eu.

Fonte: Famosos – MSN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *